top of page

A Regional Nordeste da RBJB realizou capacitação sobre manejo e poda de arborização. Uma parceria entre o Jardim Botânico da Usina de Arte e o Jardim Botânico da UEPB




Sem dúvida, a presença de árvores nas cidades é crucial para o bem-estar ambiental e humano. Elas oferecem uma série de benefícios que vão desde a melhoria da qualidade do ar até o aumento da biodiversidade urbana. No entanto, o processo de arborização urbana é complexo e exige planejamento e conhecimento técnico, principalmente no que diz respeito ao manejo para manter a saúde e segurança das árvores.


Os profissionais envolvidos na gestão da arborização urbana desempenham um papel fundamental em todas as fases do processo, desde o planejamento inicial até a manutenção contínua das árvores.


Pôr saber que é essencial os profissionais estarem bem-preparados para lidar com uma série de desafios, a Rede Brasileira de Jardins Botânicos - RBJB, através da Regional Nordeste possibilitou a realização deste curso realizado no JB da Usina de Arte, em Água Preta - PE, durante quatro dias (26 a 29 de fevereiro deste ano).


O curso Manejo na Arborização Urbana (Melhores Práticas)”, foi ministrado pelo Diretor do Jardim Botânico da Universidade Estadual da Paraíba – JB_UEPB, Arnaldo Bezerra de Menezes e técnicos do JBUEPB; e pela Arquiteta, Paisagista e Presidente da RBJB, Zenaide Nunes Magalhães de Araújo, ministrou o curso Arborização e Áreas Verdes Urbana”.





É ótimo ver iniciativas como esses minicursos sendo realizados para capacitar profissionais e membros da comunidade interessados na gestão adequada da arborização urbana. Os temas abordados nos minicursos são de extrema relevância para garantir que as árvores nas cidades sejam plantadas, cuidadas e mantidas da melhor forma possível”. Falou o diretor e fundador do Jardim Botânico da Usina de Arte, Ricardo Pessoa.


O curso sobre arborização e áreas verdes urbanas fornece conhecimentos essenciais sobre a seleção adequada de espécies, técnicas de plantio, manejo de solos e irrigação, além de considerações sobre o planejamento urbano e a integração das áreas verdes na paisagem urbana.


Já o curso sobre manejo na arborização urbana, com foco em melhores práticas como poda, controle de pragas e dendrocirurgia, é crucial para garantir a saúde e a segurança das árvores urbanas. A poda adequada é fundamental para promover o desenvolvimento saudável das árvores e reduzir riscos de acidentes, enquanto o controle de pragas e doenças ajuda a proteger as árvores de danos e infestações.





A dendrocirurgia, que envolve intervenções cirúrgicas em árvores para remover partes doentes ou danificadas, também desempenha um papel importante na manutenção da saúde das árvores urbanas e na prevenção de problemas futuros.


Espera-se que os participantes desses minicursos, devidamente certificados e reconhecidos pela Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, possam aplicar os conhecimentos adquiridos em suas práticas profissionais ou pessoais, contribuindo assim para o desenvolvimento de cidades mais verdes, saudáveis e sustentáveis.


O papel da RBJB é apoiar os jardins, incentivando o trabalho em prol da conservação da flora e o trabalho em Rede envolvendo os jardins de uma região possibilitando o encontro e a troca de experiências que possibilitam também a criação de parcerias e de projetos que ampliam as ações, capacita as equipes e motivam a continuar em busca da conservação da nossa biodiversidade. Este curso foi um importante passo na direção de uma maior união e colaboração entre os jardins do Nordeste e estamos muito felizes com o resultado e somos gratos pela participação e colaboração de todos, em especial de Ricardo e de Arnaldo que possibilitaram a realização desta capacitação”. Comentou Zenaide Nunes, Presidente da RBJB, ao final do Curso.





Além disso, é importante envolver a comunidade local no processo de arborização urbana, incentivando a participação social e educando os moradores sobre a importância das árvores e como cuidar delas. Através de parcerias entre governo, instituições acadêmicas, organizações não governamentais e a comunidade, é possível criar espaços urbanos mais verdes e sustentáveis, que promovam a qualidade de vida e a saúde ambiental.






100 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page